Sophia de Mello Breyner Andresen foi uma reconhecida poetisa portuguesa do século XX. Em 1999 recebeu o prêmio literário mais importante da língua portuguesa, o Prémio Camões.
Os temas principais da sua obra são a Natureza, (já que para Sophia expresaban um exemplo de liberdade, beleza, perfeição e de mistério) o Mar (onde se pode observar em várias obras literárias).
Da sua infância pode-se destacar a importância das casas para as suas obras. Esta qualidade será importante à hora de describir o seu interior e os objetos das mesmas.
De forma resumida podemos falar do universo temático da autora. Este está representado pelos seguintes pontos resumidos:

  • A busca da justiça, do equilíbrio, da harmonia e a exigência do moral
  • Tomada de consciência
  • Amor
  • Vida em oposição à morte
  • A infância
  • Valores da antiguidade clássica
  • O humanismo cristão
  • Dia do Mar (1947)

É unha das obras mais importantes, escrita em 1947 e é um poema que busca pureza e harmonia com lugares especiais para ela, como as praias, o lar…

  • Dia do Mar (1958)

Esta obra trata sobre si mesma e a evolución de un destino coletivo, frente as suxerecias de tempo infinito e absoluto, baseadas na dimensión biográfica da autoar e en oposición entre o tempo real e o tempo absoluto do soño.

Outras obras son:

  • Poesia (1944)
  • Coral (1950)
  • Mar Novo (1958)
  • A menina do mar (1958)
  • Livro Sexto (1962)
  • Grades (1970)
  • 11 poemas (1971)
  • O Nome das coisas (1977)
  • Ilhas (1989)

 

Reportaxe da RTP sobre Sophia e A menina do mar.